Quando alguém decide contratar uma empresa para promover um evento, a segurança é um fator essencial no planejamento, uma vez que vários itens devem ser checados para que ninguém presente corra riscos. Sendo assim, sua empresa deve ter atenção com todos os detalhes envolvendo a proteção do público e também da área.

Todo profissional sabe que um evento precisa ser planejado com antecedência. Além disso, os detalhes referentes à segurança não podem ficar em segundo plano, pois erros acabam gerando problemas durante a realização do evento e depois dele, visto que a sua empresa terá que se explicar perante a lei caso seja responsável por uma falha na segurança. Saiba como fazer a segurança do seu evento conferindo nossas dicas a seguir.

Ao escolher uma equipe de segurança em eventos, é fundamental checar as referências dos profissionais que serão contratados para determinado evento produzido por você, de modo a evitar possíveis transtornos. O ideal é sempre recorrer a pessoas que tenham experiência na área e com boas recomendações.

Certifique-se de que a equipe que fará a segurança do evento esteja devidamente preparada para lidar com o público-alvo do evento. Além disso, os seguranças devem saber exatamente como devem se portar diante das mais adversas situações, agindo conforme as instruções passadas por você e sempre respeitando as normas de cada evento.

Outro fator importante a ser levado em conta sobre como fazer a segurança do seu evento é a quantidade de profissionais. O número de seguranças depende da capacidade do local em que o evento acontecerá e também de quanto o cliente pode pagar. Há quem prefira diminuir o número de seguranças para investir em outros detalhes, como alimentação ou decoração. Todavia, cada ambiente exige um número mínimo de seguranças para garantir a proteção de todos, e esse número deve sempre ser respeitado.

A segurança em eventos também consiste em vários detalhes, como a infraestrutura do local escolhido para sediar o evento em questão. Sua empresa não pode permitir que o cliente faça um evento em um lugar que não tenha capacidade para comportar o número de pessoas estimadas ou que o lugar funcione irregularmente devido a falhas na parte elétrica, na arquitetura do local ou qualquer outro problema que coloque em risco a vida das pessoas.

O transporte de pessoas e equipamentos também deve ser considerado para garantir a segurança em eventos. Se determinado evento precisa que os convidados sejam transportados até o local, sua empresa deve assegurar que esse deslocamento aconteça tranquilamente e sem arriscar a vida de ninguém. Para tanto, é preciso verificar se o meio de transporte tem autorização para circular, assim como o motorista, que deve ser devidamente habilitado para conduzir o veículo selecionado pela empresa.

Por sua vez, o transporte de equipamentos que serão utilizados no evento deve levar em conta o tipo de item e ainda a quantidade que será utilizada. Assim sendo, o planejamento do evento não pode deixar esses fatores de lado, afinal, qualquer deslize pode comprometer o sucesso do evento.

Na hora de escolher os profissionais e fornecedores para garantir a segurança de um evento, nem pense em colocar a qualidade abaixo do preço. Por mais que seja tentador pagar menos, algumas vezes valores menores estão ligados a baixa qualidade. Desse modo, é fundamental saber se a qualidade do serviço não é inferior ao que você precisa.

Geralmente, um homem enorme e forte com cara de mal é a primeira imagem que se tem ao pensar em um segurança. No entanto, essa caricatura não é mais regra, pois o que deve ser priorizado é a capacidade e o treinamento do profissional, que deve estar preparado não só para situações como a remoção de pessoas à força, mas também para fornecer informações para quem chega ao local, entre outras funções. Há até casos em que os seguranças podem auxiliar em primeiros socorros, se alguém desmaiar no evento, por exemplo.

O problema está quando empresas contratam somente a figura ilustrativa de um segurança, que seria o “gigante de cara amarrada”. Se ele não tiver a preparação adequada para agir no evento, todos os convidados estarão correndo riscos. O mesmo vale para empresas que não contratam a quantidade necessária para dar conta de determinado evento, que pode acabar numa tragédia, principalmente se for um evento de grande porte, como shows com um público enorme.

Uma boa equipe de seguranças deve estar preparada para atuar sob várias circunstâncias. Além disso, os profissionais responsáveis pela segurança de um evento não podem partir para a agressão física ou até verbal diante de imprevistos. Independente do motivo, agressões podem sair do controle e podem resultar em processos para a sua empresa e para o cliente. Por isso, o treinamento dos seguranças é imprescindível, de modo que eles saibam como agir civilizadamente e sem exageros, mesmo quando houver alguém descontrolado e que ameace os outros participantes do evento. Dependendo da situação, uma atitude equivocada de um segurança pode aumentar ainda mais a confusão, ao invés de minimizar os danos causados por brigas e outros contratempos.

Outra prática que ainda acontece em diversos eventos é o encaminhamento de pessoas que perturbam o evento para um ponto sem fiscalização, para que os seguranças possam “dar uma lição” nelas. Sua empresa não pode admitir esse tipo de comportamento, pois um segurança deve separar brigas sem abusar da sua autoridade, logo, não cabe a ele agredir os convidados ou eventuais penetras.

Agora que você já sabe quais são os principais cuidados que se deve ter com a segurança em eventos, que tal contar sua experiência em relação ao tema? Lembre-se de que quanto maior for o planejamento, maior será a chance de conseguir que tudo ocorra como previsto, evitando possíveis dores de cabeça.