Para que os eventos promovidos por você façam bastante sucesso, separamos algumas dicas para escolher a data do evento. Lembre-se de que a definição da data precisa levar em conta todos os outros elementos que influenciam a criação de um evento, logo, não adianta escolher a data mais apropriada se você cometer o erro de reservar um lugar inadequado, por exemplo.

Promover um evento exige um planejamento feito com o máximo de antecedência, para que você e a sua equipe estejam preparados para eventuais contratempos. Além disso, existem diversos fatores que devem ser considerados na hora de programar um evento, como o local, a quantidade de pessoas, o tema, os serviços que serão necessários, entre outros.

Ao seguir as nossas dicas para escolher a data do evento, você terá condições de produzir um evento com mais chances de obter êxito, afinal, a data é um dos pontos mais considerados por pessoas interessadas em frequentar um show, espetáculo ou qualquer outro tipo de evento.

Não se esqueça de que se o evento produzido por você não conseguir chamar a atenção do seu público-alvo, a imagem de contratantes e patrocinadores estarão em risco, assim como a credibilidade do seu negócio. Portanto, garanta o sucesso dos próximos eventos promovidos por você a partir das seguintes dicas para escolher a data do evento:

1. Período do mês

É fundamental considerar o período do mês na hora de decidir quando determinado evento será realizado. Não se esqueça de que as pessoas costumam receber seus salários no começo do mês, ou seja, é nos primeiros dias que elas ficam mais propensas a gastar dinheiro. Por isso, aproveite para marcar eventos na primeira quinzena do mês, o que pode se traduzir em um aumento no número de ingressos vendidos;

2. Dia da semana

Outro elemento importante na escolha da data de um evento é o dia da semana em que ele acontecerá. Dificilmente você conseguirá atrair a quantidade esperada de frequentadores se você programar um show, um comício ou qualquer outro evento numa segunda-feira, por exemplo. Tirando os dias seguidos de feriados, não é recomendável agendar eventos para dias úteis, especialmente os eventos de grande porte, pois muitas pessoas não poderão comparecer em função do trabalho ou dos estudos. Sendo assim, dê preferência a datas que caiam em fins de semana ou numa sexta-feira;

3. Feriados

Optar por feriados requer uma avaliação criteriosa de acordo com a cidade em que o evento ocorrerá, visto que há locais em que os moradores não tendem a viajar, mas também existem lugares que ficam vazios em véspera de feriado ou nos próprios dias de folga. Além disso, é preciso considerar o feriado em questão, pois cada um gera um fluxo diferente de pessoas na cidade. No caso de municípios que atraem bastantes visitantes em determinados feriados, você pode marcar eventos sem precisar se preocupar com a possibilidade de fazer um evento sem alcançar o público desejado;

4. Comemorações específicas

Alguns eventos podem ser ligados a comemorações específicas, o que pode ser uma ótima estratégia de divulgação. Se você pretende realizar uma festa para celebrar a cultura indígena da região, que tal marcar o evento no dia do índio ou numa data próxima desse dia (19 de abril)? Basta ficar de olho nas datas comemorativas que podem dar mais visibilidade e relevância para seus eventos;

5. Previsão do tempo

Assim como os frequentadores do evento costumam observar a previsão do tempo para terem noção se o dia estará ensolarado, chuvoso, frio ou de qualquer outro tipo, você também deve se precaver ao planejar a data de eventos. Se o local de um evento não tiver proteção contra chuva, por exemplo, é melhor pensar numa data alternativa ou então mudar o lugar para que o evento não seja um fracasso;

6. Outros eventos regulares

Toda cidade possui certos eventos que ocorrem todo ano na mesma data. Dependendo da situação, é possível integrar o seu show à programação do evento maior que acontece regularmente na cidade. Caso não seja possível fazer isso, escolha uma data não tão próxima de feiras, festivais e mostras tradicionais, para que o seu público não seja afetado pelos grandes eventos;

7. Eventos parecidos

Ao planejar a data para o seu evento, não se esqueça de conferir se já existem eventos semelhantes marcados na data cogitada. Para não haver conflitos na programação, tente agendar seu show ou outro evento em um dia diferente, o que será vantajoso para o público e para os produtores dos eventos, pois não haverá o risco de que os frequentadores em potencial precisem escolher entre um show e outro;

8. Concorrência de peso

Muitas vezes, é necessário reavaliar a data de um evento de acordo com a presença de concorrentes de peso no mesmo período. Lembre que é mais fácil atrair o público quando seu evento não ocorrer numa data perto de um evento com artistas famosos, por exemplo. Se o seu evento contar com uma audiência que possa se interessar por essas celebridades, é melhor não concorrer diretamente com elas;

9. Parcerias com pessoas famosas

Dependendo do tipo de evento, você pode aproveitar a passagem de pessoas famosas pela região para convidá-las para o seu evento. A participação delas pode gerar uma visibilidade ainda maior para o seu evento, especialmente se a celebridade tiver relação com o tipo de evento que você estiver produzindo. Por exemplo: contrate bandas em turnê pela cidade para tocar no seu show ou chame um esportista famoso para fazer parte de uma conferência ligada a esportes.

Agora que você já sabe como escolher a melhor data para o seu evento, siga as nossas dicas para garantir um público maior!