Todo produtor sabe que a logística para organizar um evento exige cuidados com uma série de fatores que afetam o desempenho do evento. Assim como a segurança, o transporte e muitos outros elementos, a alimentação oferecida aos frequentadores precisa ser planejada com bastante atenção, logo, é importante conhecer os 9 cuidados que você deve ter com alimentos e bebidas no seu evento.

Antes de saber quais são tais cuidados, é necessário entender o motivo pelo qual você não pode deixar erros acontecerem no que diz respeito ao fornecimento de comida em um evento. Caso algum equívoco ocorra, a chance de colocar a saúde das pessoas em risco será grande, em função de alimentos que não poderiam ser oferecidos, por exemplo. Além disso, problemas relacionados à alimentação podem prejudicar seriamente a sua reputação como produtor, uma vez que os participantes do evento espalharão informações ruins sobre ele se algo não der certo e gerar muitas reclamações e críticas negativas, que acabarão colocando em risco a sua credibilidade.

Pronto, agora você já pode conferir quais são os 9 cuidados que você deve ter com alimentos e bebidas no seu evento.

1. Tipo de evento

O primeiro fator que você deve definir é o tipo de evento, para que seja possível escolher a opção mais adequada para o estilo de evento desejado. Dependendo do tipo, você pode disponibilizar alimentos que combinem com o tema da festa. Por exemplo: um evento para comemorar uma data especial em junho pode virar uma festa junina, com comidas e bebidas típicas, como milho verde, paçoca, quentão e outras opções.

2. Quantidade de pessoas

O número de pessoas presentes em um evento também é determinante para que você tenha condições de preparar os alimentos e bebidas em uma quantidade que não falte e nem sobre demais. Independente de ser uma festa pequena e de caráter mais íntimo ou um evento maior, é essencial fazer uma estimativa para que você não passe por contratempos ao errar a quantidade oferecida ao público.

3. Modo de disponibilização

A forma como os alimentos e as bebidas serão disponibilizados também deve ser pensada levando em conta o tipo do evento e público-alvo do mesmo. Sendo assim, faça pesquisas para verificar como as pessoas podem se sentir mais satisfeitas. Considere eventos anteriores e parecidos na hora de produzir seu próximo evento. Dessa maneira, você será capaz de identificar a demanda do público, permitindo que você decida entre oferecer tudo de graça ou cobrar pelo consumo separadamente, por exemplo.

4. Condições de limpeza

Outro fator de grande relevância é a limpeza de tudo aquilo que estiver ligado aos alimentos e bebidas, para que as condições de higiene não prejudiquem o consumo. Recomenda-se separar bem os alimentos, colocando-os em recipientes devidamente lavados e desinfetados. Além disso, os talheres e utensílios que as pessoas usarão para manusear e ingerir a comida devem estar sempre limpos. Nem cogite a hipótese de usar itens de madeira, como colheres e tábuas, pois esse tipo de material tem maior chance de apresentar trincas e rachaduras, tornando a higienização mais complicada e ineficaz.

5. Condições de armazenamento

O jeito de armazenar os alimentos e bebidas deve levar em consideração o tipo de cada comida, pois umas precisam de mais refrigeração, outras requerem aquecimento constante, e assim por diante. Lembre-se de que alimentos colocados em locais com temperaturas inapropriadas estão mais suscetíveis ao desenvolvimento de bactérias que podem causar problemas como intoxicação alimentar.

6. De olho no preparo

Ao contratar uma empresa para fornecer a comida de um evento, não se esqueça de conferir o preparo, visto que o resultado pode ser comprometido quando os alimentos não são preparados de forma cuidadosa. Logo, só recorra ao serviço de fornecedores de alta qualidade, prestando atenção em detalhes como o uso de luvas para lidar com os alimentos, bem como a utilização de tocas e a limpeza do local onde a comida será feita.

7. Procedência

Outro fator que não pode passar batido é a procedência de cada alimento. Por conta disso, certifique-se de que as frutas utilizadas estarão em condições boas e confira a validade dos outros alimentos. Refeições à base de ovo exigem cuidado em dobro para evitar a transmissão de uma bactéria muito comum, a Salmonella Enteritidis. Além disso, alimentos perecíveis devem ser adquiridos e preparados em um momento próximo do consumo.

8. Dieta saudável

Em geral, é aconselhável optar por um conjunto de alimentos que constitua uma dieta saudável, sem deixar o sabor de lado. Para tanto, evite exageros na oferta de guloseimas e itens muito calóricos. No caso de refeições voltadas para um público bem específico, como crianças ou idosos, é fundamental consultar um nutricionista para ter certeza dos alimentos mais indicados para cada faixa etária.

9. Divulgação

Também é indispensável que o material de divulgação apresente o tipo de comida que estará disponível em determinado evento. Independente da forma de divulgação, você deve informar o principal para o público, como a forma que ele poderá consumir e o que será fornecido. Assim, as pessoas ficarão mais preparadas para o evento e não se sentirão enganadas caso não encontrem algo que esperavam.

Depois de dar conta dos cuidados que você deve ter com alimentos e bebidas no seu evento (confira também nossas dicas para um evento open bar), volte aqui e relate a sua experiência, escrevendo sobre a performance do evento. Caso você acabe cometendo algum erro, garanta que ele não aconteça novamente, para que seja mais fácil conquistar a confiança do público que poderá participar de novos eventos produzidos por você!